domingo, 1 de fevereiro de 2015

Sob asas marcadas




Talvez sejamos
um engodo mitológico
ou uma epopeia grega
que respira calada
por séculos

talvez sejamos
a ausência de pontes
nessa escuridão necessária
de noites sem lua

talvez sejamos
a música que ecoa
na tarde cansada
presa ao fio
do tempo que perdura

talvez sejamos
todos os invernos
que juntos passamos
carregando os verões
em um candelabro solar
preso em algum solstício

talvez sejamos
a carta marcada
na mão do ilusionista
como memórias táteis
oriundas de artifícios

talvez sejamos
apenas o retrato
do quadro abstrato
com um pretexto imaginário
de nossa alma de artista












Adriane Lima










Arte by  Sergio Cerchi

2 comentários:

  1. Maravilhoso....depois de ler, penso que não sei fazer poesia....bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Valquiria,tenha certeza que muitos poemas que li eu pensava exatamente assim.Acho perfeito quando desejo ter escrito um poema de um amigo!!!
      Sinal de que estamos em sintonia !!! bjs

      Excluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...