domingo, 9 de março de 2014

Do sonho ao sono



É preciso admitir
que se aprende sim, com mestres
e tudo que nos encanta
assim como Gauguin pintava com van Gogh
e tinham pontos de vista tão diferentes
assim como Camille se inspirava em Rodin
até se apaixonar perdidamente

mas,também se aprende muito
com os clichês :
- amar se aprende amando
- quem espera nunca alcança
- de perto ninguém é normal

todo mundo precisa crer em algo
para se fortalecer e se afirmar
tipo raiz de árvore
ou :"serei aquela imagem "
de quem admiro e quero me orientar

não há como se alienar
querer ser o que não somos
ser o evasivo e não se olhar
não achar que só os loucos
pressentem

podemos sim,perder a magia
perder filosofias
perder alguns verbos
para não se enganar

tudo tem o limite
que lhe damos
esse é nosso poder

ás vezes damos asas as cobras
enaltecemos as pedras
que não saem do lugar

ah, eu ainda acredito
que é preciso florescer sim
entre mestres e clichês
e até ler algumas parábolas

ainda sei separar o trigo do joio
quanto ao leite das pedras
ah,isso eu nunca tentei

 




Adriane Lima





Arte by Paul Gauguin 

2 comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...